domingo, dezembro 11, 2011

VENTO

O destino, às vezes, nos carrega feito vento... E eu não sei onde esse vento vai parar...




MARIS FIGUEIREDO


Nenhum comentário: